sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Final de Ano...

Bom pessoal, não foi um ano de muitas postagens neste blog, mas foi um ano sensacional.
Desejo a todos que acompanham o "técnica de nado", que a paz, o amor e a alegria estejam presentes no Natal e em todo o ano que se inicia.
Que nossos objetivos sejam alcançados e que possamos ser felizes! 

Prof. Rogerio Mixirica Nocentini

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Encontro Nacional de Técnicos de Natação...



Estão abertas as inscrições para o 8º Encontro Nacional de Técnicos de Natação.
Para informações dos palestrantes, palestras, preços, local, data e inscrições, clique aqui.

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

ENCONTRO NACIONAL DE TÉCNICOS DE NATAÇÃO 2013...


É isso aí pessoal, estamos finalizando os preparativos para o encontro de técnicos do ano que vem e, já posso adiantar que será sensacional!
Fiquem ligados aqui no blog, pois vou começar a colocar as informações do encontro.
Para saber de tudo: www.encontronatacao.com.br


terça-feira, 6 de novembro de 2012

Entre os 100 melhores do Brasil...!


Olá pessoal, graças a vocês, o blog TECNICA DE NADO está entre os 100 melhores blogs do Brasil na categoria ESPORTES - PROFISSIONAL.
Agora é outra votação, portanto peço que vocês me ajudem nesta eleição, clicando lateral do blog no símbolo do TOP BLOG.
Obrigado a todos.

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Academia Brasileira de Treinadores...Segunda Feira


Hoje o curso foi do Prof. Edson Palomares, sobre Teoria e Metodologia da Formação e da Preparação Esportiva.
O bom de você estudar e fazer cursos é que você percebe que não sabe nada de natação!
O curso foi sensacional e versou desde a detecção de talentos, até quais capacidades se devem trabalhar em cada faixa etária.
Todos os participantes fizeram várias perguntas, o que enriqueceu demais o curso de hoje. 
A sala foi dividida em dois grupos, a partir de hoje, aparentemente sem nenhum critério, apenas para facilitar a formulação de questões e as respostas dos professores. Portanto, as salas ficaram menores e o fluxo de informação foi melhor. Decisão acertada do COB.
No hotel, que não tem o que comer, passaram a cobrar R$ 2,00 pelo uso do microondas porcaria que colocaram aqui - lei da oferta e da procura - só tem tú, vai tú mesmo.
Até amanhã

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Academia Brasileira de Treinadores...quinta-feira - tarde

Período perdido. Retornamos do almoço às três horas e a palestra sobre a plataforma digital termonou às quatro. Teve um tour pelo Maria Lenk e Velódromo (que eu não participei) e final do dia.
Melhor seria se saíssemos mais cedo amanhã, mas fazer o quê?

Academia Brasileira de Treinadores - quinta-feira - manhã...

Hoje pela manhã, tivemos a segunda parte da palestra do Prof. Roberto Paes. Falamos hoje sobre a especialização precoce das crianças no esporte. Da diferença entre INICIAÇÃO PRECOCE, que é bem vinda e desejada e ESPECIALIZAÇÃO PRECOCE, que traz certa polêmica.
Passamos pela influência dos pais e terminamos com a apresentação do que o professor chama de Inteligências Múltiplas (cinestésica corporal, verbal/linguística, espacial, musical e naturalista).
Foi uma manhã muito produtiva e a participação do Prof. Roberto foi espetacular.
Terminamos com a seguinte frase que o professor nos deixou:
"O futuro tem muitos nomes.
Para os fracos, é o INALCANÇÁVEL.
Para os temerosos, o DESCONHECIDO.
Para os valentes, é a OPORTUNIDADE."
                                  Victor Hugo

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Academia Brasileira de Treinadores...


Hoje à tarde, o assunto foi pedagogia. O Prof. Dr. Roberto Paes - pró-reitor da UNICAMP fez uma palestra sensacional que começou hoje e termina amanhã pela manhã. 
Falou sobre a importância da pedagogia, não só na aprendizagem, como e principalmente no treinamento. Falou em transformação e nas 3 palavras necessárias para se conseguir a transformação: IMPREVISIBILIDADE, CRIATIVIDADE e COMPLEXIDADE.
Segundo o professor, os 5 aspectos que devem estar presente no ensino-aprendizagem são: ovimento, Aspectos Filosóficos, Aspectos Psicológicos, Inteligências Múltiplas e Aspectos Sociais.
amanhã tem mais. 


Academia Brasileira de Treinadores...

Estou participando de um curso do COB para treinadores de três modalidades: natação, ginástica artística e atletismo. O curso tem a duração de dois anos, entre blocos presenciais e à distância.
O evento estásendo extremamente bem conduzido, com os horários sendo respeitados, uma grade curricular adequada e um corpo docente espetacular.
Todos aqui estão sentindo que foi uma inicativa maravilhosa do COB, que veio de encontro aos nossos anseios - oportunidades para aprender, trocar informações e progredir.

Este primeiro módulo vai do dia 16 até 26 de outubro e todos os treinadores selecionados, das trêsmodalidades estão aqui no Rio.

Ontem tivemos palestras interessantes sobre o curso, sua montagem e objetivo e a primeira disciplina do curso: filosofia.

Hoje tivemos a palestra do Técnico Bernardinho. Foi uma palestra sensacional, destacando pontos importantes na nossa profissão, como o nosso estado de constante preocupação. Falou sobre equipe, montagem de times - tanto de jogadores quanto de profissionais e de outras tantas coisas importantes.

Foi muito boa a palestra. Depois fomos tirar a foto oficial.

Agora à tarde, o assunto é pedagogia.

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Clínica de Natação com o Prof. Rogerio Mixirica Nocentini...

O Círculo Militar de São Paulo realizou sua primeira clínica de natação para os alunos do setor Formativo e me convidou para ministrar a clínica.
O evento funcionou como uma avaliação do setor para a passagem dos alunos para a equipe de competição do clube.
Foram 3 horas de clínica onde foram mostrados vídeos, tivemos apresentação dos nadadores da equipe de competição do clube, educativos e competição.
O evento foi muito bem avaliado tanto pelos professores quanto pelos pais dos alunos que já estão perguntando quando será a próxima...
Se interessou em levar para seu clube ou academia? É só entrar em contato comigo.
Abaixo, algumas fotos do evento.














Até mais...

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Quando devemos introduzir o ensino do nado borboleta?


Quando devemos iniciar o trabalho com o borboleta para uma criança que está aprendendo a nadar? Acredito que desdo o primeiro dia.
Vejamos, técnicamente, o borboleta não é um nado tão difícil assim, não exige uma coordenação tão apurada que não possa ser trabalhado desdo o início da aprendizagem. O que o borboleta precisa é força e esta força só será conseguida nadando borboleta.
Então ficamos adiando um estilo e quando vamos ensiná-lo a uma criança, ela não conseguirá aprender porque não tem força específica para o estilo.
Claro que um iniciante não nadará perfeitamente o borboleta, para isso são precisos muitos metros, mas podemos colocar ondulação e um borboleta rudimentar, com 4 pernadas por exemplo, desde o início. 
O que sinto é que grande parte doa professores tem medo de ensinar o borboleta achando que é um estilo muito complicado e muito pesado, quando na verdade, nem uma coisa nem outra.
Experimentem, vocês verão que as crianças e, mesmo os adultos serão capazes de nadar um borboleta rudimentar e se sentir o máximo!
Até mais.

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Matéria da Folha Equilíbrio de Terça-feira...

'Estamos criando analfabetos motores', afirma educador físico'
PUBLICIDADE
IARA BIDERMAN
DE SÃO PAULO

Crianças brasileiras das classes média e alta estão mal preparadas para o esporte e sem vontade de se exercitar. E pais e escolas não ajudam, segundo Luiz Roberto Rigolin, autor de "Desempenho Esportivo: Treinamento com Crianças e Adolescentes" (Phorte, 631 págs., R$ 89).

Doutor em educação física com pós-doutorado em filosofia pela USP, Rigolin, 43, se dedica à formação de atletas e se preocupa com o desenvolvimento das habilidades físicas na infância. Aqui, ele fala das dificuldades atuais da educação motora.

*
Folha - Nunca se falou tanto de atividade física, mas as crianças estão cada vez mais sedentárias. O que acontece?

Luiz Roberto Rigolin - A prática de exercícios resulta do desenvolvimento motor, processo que começa desde que a criança nasce. Ela precisa experimentar todas as possibilidades de movimento para desenvolver habilidades físicas. Hoje tem menos oportunidade de fazer isso. Estamos criando uma geração de analfabetos motores.

Como chegamos a isso?

Começa pela reclusão urbana. A grande preocupação dos pais é com a segurança. Têm medo de soltar o bebê, ele pode se machucar. Quando o filho começa a crescer, não pode brincar na rua, por causa do risco de assalto...

O outro elemento é a tecnologia. Com os brinquedos tecnológicos a criança desenvolve várias habilidades cognitivas, sem dúvida, mas muito pouco da parte motora.

E as escolas também não querem ter problemas com pais preocupados em proteger os filhos, então dão poucas opções para a criança experimentar seu corpo de forma mais solta, quando o risco de se machucar é maior.

Nesse caso, não adianta pagar uma escola cara, com a ideia de dar mais oportunidades para o filho se desenvolver?

Pode ser até pior. A inteligência motora está na periferia, onde as crianças não são superprotegidas como as de classes média e alta e por isso têm chance de experimentar os movimentos de forma mais livre. Também têm menos acesso a brinquedos tecnológicos, então têm que encontrar outras formas de brincar: soltar pipa, jogar taco. Por isso a maioria dos atletas de esportes complexos não vem das classes A e B.

A educação motora inclui esfolar o joelho às vezes?

Sim, isso é fundamental, mas também é natural o adulto querer ajudar a criança para que ela não se machuque.

Como os pais podem ajudar?

Com bebês, eles precisam estruturar a casa para deixar a criança subir no sofá, empurrar e puxar objetos etc. E precisa ter alguém acompanhando. Se é o pai, a mãe ou a babá que vai fazer isso, não importa, o que interessa é que a criança tenha oportunidade de experimentar.

Depois, dos três aos sete anos, os pais podem fazer com que a criança adquira o gosto pela atividade física. Isso não é feito só em casa, inclui a escola, o parque, a rua.

E as atividades dirigidas, como as escolas de esportes?

Muitos pais e mães acham que vão incentivar a atividade física colocando o filho na natação, na escolinha de futebol. Mas às vezes o que a criança quer é andar de bicicleta ou de skate. A grande colaboração que os pais podem dar é mostrar as alternativas de atividades para o filho descobrir o seu caminho.

Se a criança mostra talento em alguma modalidade, como os pais podem estimular?

Isso é um problema porque, a partir do momento em que o filho passa a praticar um esporte, os pais já querem que ganhe medalhas.

Começa a pressão por desempenho, que vem também do técnico, do diretor do clube. Imagine como a criança fica nessa história de precisar atender as expectativas de todas essas pessoas.

É possível recuperar habilidades motoras que não foram desenvolvidas na infância?

Dá para melhorar, mas nunca vai ser a mesma coisa. E os pais e os professores têm que estar preparados para ensinar essa criança mais lentamente e sem forçá-la a fazer atividades que estão fora de suas possibilidades.

Editoria de Arte/Folhapress

Para ver a matéria original, clique aqui.

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Confirmado o curso na FMU...

Pois é pessoal, recebi a confirmação do meu curso na FMU neste final de semana. Para os interessados em participar, ainda dá tempo. O programa está abaixo e, no final, o link para inscrição. 
Nos vemos lá então!


Extensão - Natação: Da Iniciação ao Treinamento

Carga Horária: 10h
Data:                 18/08/2012
Local:                 Rua: Galvão Bueno,707 Liberdade - SP
Horário:                 Sábado (das 13h a 18h) e Domingo (das 8h ás 13h)
Valor da Inscrição: R$ 180.00

Professor: Rogério Nocentini "Mixirica"

Programa:

-Benefícios da natação.
-História do ensino da natação.
-Iniciação a natação.
-Postura profissional.
-Planejamento: o que é e para que serve?
-Dinâmica de aula.
-Técnica dos 5 estilos de natação.
-Organização de eventos.
-Regras básicas de natação.
-Iniciação ao treinamento.


Investimento:
Até03/08: Taxa Única R$ 130,00
De 04/ a 13/08 Taxa Única R$ 180,00

Para fazer a inscrição, clique aqui.

terça-feira, 3 de julho de 2012

POR MAIS ÉTICA NA NATAÇÃO...


Ontem foi a reunião do Conselho Técnico Estadual da qual faço parte e, entre várias questões foi levantado o eterno problema de convidar atletas de outras entidades. A questão não foi se isto é certo ou errado nas categorias de base, mas qual o momento certo para fazê-lo.
Estamos vendo situações inacreditáveis, de equipes convidando os atletas no meio dos campeonatos, muitas vezes, assim que o atleta desceu do pódium!
Todos concordam que ninguém é proprietário de ninguém e que o atleta deve procurar treinar onde achar que for melhor, mas a questão é que nós, técnicos, temos que ter um mínimo de ética! 
Esta foi a maior discussão, se a Federação deveria criar um "Código de Ética". Chegamos à conclusão que outras iniciativas devem preceder esta criação, através de blogs, como este, através do próprio site da FAP e da ANTN - Associação Nacional de Treinadores de Natação.
Não basta dizer que não existe ética no mercado, que as coisas são assim mesmo e que nada se pode fazer, pelo contrário - deve-se fazer alguma coisa. A semente está lançada, vamos ver se a idéia de uma natação mais ética e mais PROFISSIONAL será adotada daqui prá frente. O caminho é longo e difícil, mas acredito que o primeiro passo foi dado.
Até mais.

Rogerio Nocentini

NOVA INDICAÇÃO AO PREMIO TOP BLOG 2012...


Mais uma vez o TECNICA DE NADO foi indicado para o prêmio TOP BLOG 2012. Para votar no blog, basta clicar no ícone que está na coluna ao lado.
Obrigado a todos vocês que acompanham o blog e propiciaram mais uma indicação.
Atá mais.

quinta-feira, 31 de maio de 2012

Motivação na aula...

Outro dia, pensando em como motivar minhas crianças na aula, bolei uma pequena flâmula que vou dar ao final de cada aula. É uma idéia simples, barata e que sempre traz um bom retorno.
A premiação consiste no(a) melhor aluno(a) do dia em determinado estilo (depende do estilo-objetivo do dia).
Para ficar mais barato, coloquei 4 flâmulas em cada folha de sulfite (mas estou usando um papel Opaline 180gr, que fica melhor). Elas ficaram assim:




Gostou da idéia? Simples, não?
Se quiser utilizar na sua aula, vá em frente!
Até mais.

Prof. Rogerio Mixirica Nocentini

Direto do Blog do Tomazini...


Olá caros amigos blogueiros…
Prometo nas próximas palavras não inventar e principalmente, não aumentar nada em todos os relatos que citarei.
Estamos em Brasília no Campeonato Júnior/Sênior, provavelmente, nossa próxima geração olímpica que estará representando o Brasil em 2016, sendo assim, ainda esbarramos em algumas “poucas” dificuldades que todos clubes, treinadores, e atletas estão a mercê quando é colocado um Campeonato desorganizado e desestruturado desta magnitude em uma cidade como Brasília.
Bem, segue abaixo alguns relatos do que estamos encontrando aqui em Brasília:
1-) Congresso Técnico com o representante “tapa buraco” como ele disse da CBDA: Sérgio Silva
2-) Foi dado aos técnicos um balizamento, que na verdade, não valia nada pois o mesmo foi feito antes dos cortes… ABSURDO!!!:
3-) O novo balizamento é dado em todas as etapas para os técnicos… e mesmo assim, sempre com problemas;
4-) No Parque Aquático, piscina de competição semi-fria, tanque de soltura gelada e sem raias;
5-) Caixa de som estourada, distorcendo o som e atrapalhando em muito os aquecimentos e o entendimento do que se fala no Complexo;
6-)Placar apenas com 1 display e colocado em um lugar que a única pessoa que não consegue ver o resultado é o atleta que nadou… não é brincadeira…
7-)As placas da cabeceira oposta da piscina soltas e sem o cabo necessário para uma simples homologação de tempo na abertura de revezamento, isso falado pelo Árbitro Geral quando indagado: “Esqueceram os cabos…”
8-)Balizas sem lixa ou placas, destreinando equipes que possuem saídas de revezamentos 0.10 e menores, e desclassificando no olho, irregularmente times provado em filmagens;
9-)Iluminação do complexo extremamente fraca e prejudicando a mesma dentro da piscina
10-)Banheiros inutilizáveis pelos nadadores e com muita falta de higiene.
Todos podem acreditar que esta é a realidade que estamos vivendo aqui em Brasília, hoje após as eliminatórias da segunda etapa foi feita uma reunião entre os técnicos pressionando os responsáveis contra tudo isso citado acima, pois está interferindo diretamente no resultado dos atletas, mas alguém sabe quem é o responsável? Todos vocês imaginam como vai acabar isso né? Enfim, quero dar aqui meus PARABÉNS para iniciativa do GRÊMIO NÁUTICO UNIÃO, que ao invés de estar aqui sofrendo tudo isso, utilizou esta verba e foi para uma competição INTERNACIONAL NA ARGENTINA… ahhh que inveja! Iniciativa que deveria ser copiado por todos NÓS, clubes que desenvolvem natação com amor, suor e investimento.
Vamos ver até quando a geração 2016 sofrerá o DESCASO imposto por nossos comandantes… será esse o caminho? Será através de Campeonatos como este que estaremos alimentando a nossa nova geração olímpica? Será que o CTN esta realmente sendo ouvido e respeitado? Alguém consegue responder esta pergunta ou vai fugir da alçada de todos?
Aguardem, pois já dizia um eterno e grande amigo meu: ”NADA ESTÁ TÃO RUIM QUE NÃO POSSA PIORAR!”
Abraços
TOMAZINI
NOTA DO BLOG:
Só acredita nessa baboseira de País Olímpico quem não está dentro do esporte. Quem vive do esporte sabe que tudo é desorganizado, que tudo é feito da pior forma possível e que os atletas são os menos ouvidos e privilegiados.
O esporte no Brasil é isso aí. Esta situação não é exceção, é a regra.
Para ver o Blog do Tomaza, clique aqui.

terça-feira, 22 de maio de 2012

CARTA DE ABRAHAN LINCOLN AO PROFESSOR DO SEU FILHO:




"Caro professor, ele terá de aprender que nem todos os homens são justos, nem todos são verdadeiros, mas por favor diga-lhe que, para cada vilão há um herói, que para cada egoísta, há também um líder dedicado, ensine-lhe por favor que para cada inimigo haverá também um amigo, ensine-lhe que mais vale uma moeda ganha que uma moeda encontrada, ensine-o a perder, mas também a saber gozar da vitória, afaste-o da inveja e dê-lhe a conhecer a alegria profunda do sorriso silencioso, faça-o maravilhar-se com os livros, mas deixe-o também perder-se com os pássaros no céu, as flores no campo, os montes e os vales.

Nas brincadeiras com os amigos, explique-lhe que a derrota honrosa vale mais que a vitória vergonhosa, ensine-o a acreditar em si, mesmo se sozinho contra todos.

Ensine-o a ser gentil com os gentis e duro com os duros, ensine-o a nunca entrar no comboio simplesmente porque os outros também entraram.

Ensine-o a ouvir todos, mas, na hora da verdade, a decidir sozinho, ensine-o a rir quando estiver triste e explique-lhe que por vezes os homens também choram.

Ensine-o a ignorar as multidões que reclamam sangue e a lutar só contra todos, se ele achar que tem razão.

Trate-o bem, mas não o mime, pois só o teste do fogo faz o verdadeiro aço, deixe-o ter a coragem de ser impaciente e a paciência de ser corajoso.

Transmita-lhe uma fé sublime no Criador e fé também em si, pois só assim poderá ter fé nos homens.

Eu sei que estou pedindo muito, mas veja o que pode fazer, caro professor."

Abraham Lincoln, 1830

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Rádio dedicada 24 horas ao esporte...

Está no ar mais uma rádio, a BRADESCO ESPORTES FM. Uma rádio que falará 24 horas sobre os esportes olímpicos. Sucesso à rádio, que é ligada ao Grupo Bandeirantes e, torçamos para que seja realmente BRADESCO ESPORTES  e não BRADESCO FUTEBOL como todos os programas de esportes do país.
Sucesso e vida longa!

terça-feira, 15 de maio de 2012

5%...



A maior bronca que já levei (Texto dos 5%)

Tínhamos uma aula de Fisiologia na escola de medicina logo após a semana da Pátria. Como a maioria dos alunos havia viajado aproveitando o feriado prolongado, todos estavam ansiosos para contar as novidades aos colegas e a excitação era geral. Um velho professor entrou na sala e imediatamente percebeu que iria ter trabalho para conseguir silêncio.
Com grande dose de paciência tentou começar a aula, mas você acha que minha turma correspondeu? Que nada. Com um certo constrangimento, o professor tornou a pedir silêncio educadamente. Não adiantou, ignoramos a solicitação e continuamos firmes na conversa. Foi aí que o velho professor perdeu a paciência e deu a maior bronca que eu já presenciei.
"Prestem atenção porque eu vou falar isso uma única vez", disse, levantando a voz e um silêncio carregado de culpa se instalou em toda a sala e o professor continuou.
"Desde que comecei a lecionar, isso já faz muito anos, descobri que nós professores, trabalhamos apenas 5% dos alunos de uma turma.
Em todos esses anos observei que de cada cem alunos, apenas cinco são realmente aqueles que fazem alguma diferença no futuro; apenas cinco se tornam profissionais brilhantes e contribuem de forma significativa para melhorar a qualidade de vida das pessoas. Os outros 95% servem apenas para fazer volume; são medíocres e passam pela vida sem deixar nada de útil. O interessante é que esta percentagem vale para todo o mundo.
Se vocês prestarem atenção notarão que de cem professores, apenas cinco são aqueles que fazem a diferença; de cem garçons, apenas cinco são excelentes; de cem motoristas de táxi, apenas cinco são verdadeiros profissionais; e podemos generalizar ainda mais: de cem pessoas, apenas cinco são verdadeiramente especiais.
É uma pena muito grande não termos como separar estes 5% do resto, pois se isso fosse possível, eu deixaria apenas os alunos especiais nesta sala e colocaria os demais para fora, então teria o silêncio necessário para dar uma boa aula e dormiria tranquilo sabendo ter investido nos melhores.
Mas, infelizmente não há como saber quais de vocês são estes alunos. Só o tempo é capaz de mostrar isso.
Portanto, terei de me conformar e tentar dar uma aula para os alunos especiais, apesar da confusão que estará sendo feita pelo resto.
Claro que cada um de vocês sempre pode escolher a qual grupo pertencerá. Obrigado pela atenção e vamos à aula de ".
Nem preciso dizer o silêncio que ficou na sala e o nível de atenção que o professor conseguiu após aquele discurso. Aliás, a bronca tocou fundo em todos nós, pois minha turma teve um comportamento exemplar em todas as aulas de Fisiologia durante todo o semestre; afinal quem gostaria de espontaneamente ser classificado como fazendo parte do resto ?
Hoje não me lembro muita coisa das aulas de Fisiologia, mas a bronca do professor eu nunca mais esqueci. Para mim, aquele professor foi um dos 5% que fizeram a diferença em minha vida.
De fato, percebi que ele tinha razão e, desde então, tenho feito de tudo para ficar sempre no grupo dos 5%, mas, como ele disse, não há como saber se estamos indo bem ou não; só o tempo dirá a que grupo pertencemos.
Contudo, uma coisa é certa: se não tentarmos ser especiais em tudo que fazemos, se não tentarmos fazer tudo o melhor possível, seguramente sobraremos na turma do resto."

Autor desconhecido
Ad: Gostaria de saber quem é o autor !

sexta-feira, 4 de maio de 2012

CURSO CANCELADO...


Infelizmente, o curso deste final de semana que eu daria na FMU foi cancelado por falta de inscrições. Foram apenas 5 inscrições e seria necessário um mínimo de 10 para a realização do curso. Não importa, no segundo semestre terá outro curso. Fiquem ligados.

sábado, 28 de abril de 2012

Sonhos...

Sonhar, todo mundo sonha, mas quem está disposto a pagar o preço para realizá-los? 
Bruna Primati - JUVENIL 1 VICE CAMPEÃ BRASILEIRA ABSOLUTA na prova dos 400 medley, no Troféu Maria Lenk 2012. Parabéns Bruninha!

terça-feira, 24 de abril de 2012

Os trajes e os resultados...

Estou no Maria Lenk para a disputa do Troféu Maria Lenk 2012. Hoje tive 3 nadadoras na água para a disputa do troféu. Com uma delas, devido ao resultado, não sei se ela não melhorou o tempo porque eu não dei descanso, se errei no treino ou se o traje encheu de água, como ela mesmo disse. Não bastasse a enormidade de variáveis que temos que controlar para nosso atleta dar o resultado, depois da invenção dos trajes, temos mais uma para nos preocupar. Além de tudo dar certo, o traje também tem que cooperar - deve estar ajustado, não pode rasgar, não pode entrar água, deve ser do último modelo, etc, etc.
Na borda  da piscina hoje, presenciei o seguinte diálogo entre dois nadadores:
_ (nadador 1) O que você achou dessa bermuda? (arena)
_ (nadador 2) Pô, sei lá, é uma bermuda, né! Se fosse o traje completo seria diferente.
_ (nadador 1) Mas você sentiu diferença no aquecimento?
_ (nadador 2) ....silêncio...
Sou do tempo que isso não existia. Sei que os trajes fazem diferença - os tempos, pesquisas e propagandas mostram isso - tenho que acreditar nos nadadores e especialistas, porque não tenho mais como vestir uma e sentir a diferença (até porque ia ficar lindo, parecendo uma coxinha, hahahah) mas será que só a bermuda faz tanta diferença? 
Ai que saudade da sunga de papel!
Até mais.

quinta-feira, 19 de abril de 2012

CURSO DO MIXÃO...



Extensão - Natação em Academias

Carga Horária:15h
Data:05/05/2012
Local:R: Galvão Bueno, 707 - Liberdade - São P
Horário:Sábado 13h ás 18h e Domingo, das 8h ás 18h
Valor da Inscrição:R$ 50.00



Data: 05 e 06/05/12 (Sábado, das 13h às 18h, e Domingo, das 8h às 18h) 

Profr: Rogério Nocentini "Mixirica"

Programa:

História do Ensino da Natação
Benefícios da Natação
Dinâmica de Aulas
Segurança em Aula
Postura Profissional
Adaptação ao Meio Líquido: jogos; brincadeiras;materiais de apoio; educativos
Planejamento das Aulas
Por que planejar?
O que é importante em um planejamento
Sequência de planejamento
Exemplos de planejamento
Elaboração de um planejamento
Análise das 5 técnicas de nados
Identificação de erros
Exercícios Educativos: o que são, para que servem e como aplicar
Organização de Eventos
Festival, apresentação e competição: qual a diferença?
Balizamento - Regras
Prática de Dinâmicas de Aulas e Exercícios Educativos

Obs.: Trazer maio / sunga e touca

Investimento:
Até 20/04: Matrícula R$ 50,00 + 1 x R$ 145,00
De 21 a 30/04: Matrícula R$ 65,00 + 1 x R$ 145,00
(parcela unica de deverá ser paga no primeiro dia de aula)

Para inscrições, clique aqui

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Como cativar meu aluno?...


Hoje recebi uma pesquisa da Professora Noely, que me perguntou sobre cativar alunos, como fazer? Ela disse que faz de tudo e acha que os alunos não correspondem aos seus esforços.
Hoje assisti a uma palestra em que a orador nos incentivava a prestar atenção ás "pessoas invisíveis". As caixas de supermercados, os lixeiros, carteiros, colegas de trabalho que não cruzamos sempre, pessoas que estão á nossa volta, fazem parte do nosso dia-a-dia e não prestamos atenção por falta de tempo, comodismo ou timidez.
Pensando nisto, nas aulas que dou e na correria da nossa vida, cheguei à conclusão que a resposta para esta pergunta é ATENÇÃO!
Dê atenção ao seu aluno. Todos nós gostamos de atenção, de boas palavras, de cuidados. A maioria dos nossos alunos gosta de ser corrigido, às vezes até repreendido. A maioria dos nossos alunos gostam de aulas intensas de vez em quando, gostam de se sentirem cansados, gostam da "dorzinha boa".
Aos olhos do aluno, quando ele está sendo cobrado por algo que pedimos é porque foi observado. Isto faz com que ele sinta que estamos preocupados com sua melhora e sua evolução. Quando fazemos aulas diferentes, planejadas e motivantes, também estamos dando atenção aos nossos alunos e eles sentem isto.
Agradar a 100% nunca vamos conseguir, mas atingir a todos os nossos alunos é nossa obrigação, portanto minha resposta é essa - dê atenção ao seu aluno.
Até mais.

terça-feira, 17 de abril de 2012

Medo...

Na minha última aula, recebi uma nova aluna. Ela já sabe nadar crawl e costas e já tinha feito algumas aulas no clube, mas nunca comigo.
Tudo estava correndo bem, quando decidi colocar flutuador na aluna. Ela não conseguiu fazer e começou a chorar no meio da piscina!!! A aluna tem mais de 40 anos.
Eu tenho nenhuma paciência com crianças que choram durante a aula, imagine com adultos!!! Com toda a calma possível naquele momento e contando até 20, tentei fazer com que a aluna colocasse o flutuador. Ela me falou que tinha muito medo e que não conseguia. Bom, não sou professor de deixar de fazer alguma coisa por este motivo, então insisti.
Como a aluna começou a perder o controle e não parava de repetir " você não entende que eu tenho medo? você não entende que tenho eu medo?..." lembrei de uma palestra que vi no Encontro de Técnicos, de um psicólogo que disse que na hora que se perde o controle, deve-se: (1) mudar o foco, pensar em outra coisa "papai noel de sunga"; (2) respirar e (3) voltar ao plano - falei meio duro para a aluna se acalmar, respirar e perceber que ela estava com medo de um pedaço de isopor.
Fiz com que ela fizesse apenas algumas braçadas com o flutuador e nadasse um pouco, depois tentasse mais 6 braçadas e nadasse mais um pouco e foi assim até o final da aula, quando a cumprimentei por ter feito algo muito difícil - superar o medo.
Ela me cumprimentou meio à distância e foi embora. 
Saí da piscina feliz por ter feito a aluna conseguir executar o exercício, mas ao mesmo tempo sem muita certeza se tinha feito a coisa certa. 
Tem determinados momentos que você não pode voltar atrás, deve-se seguir em frente mesmo sem muita certeza do que está fazendo, porque se recuar, pode perder coisas mais importantes, como autoridade ou liderança por exemplo, coisas muito importantes para professores - na minha opinião.
Pois bem, fiquei sabendo que na próxima aula, com outro professor, a aluna me chamou de louco, cavalo, etc...acho que perdi uma aluna.
Não sei se foi certo ou errado, talvez os psicólogos possam falar melhor, mas sei que estou em paz com minha consciência, sabendo que fiz o que achava certo na hora, que dei uma boa aula, que não enrolei e que fiz a aluna superar um grande obstáculo e conseguir fazer uma coisa que ela não conseguia. Talvez ela não tenha visto assim.

domingo, 1 de abril de 2012

O que tenho visto em Portugal...

Nestes dias de competição, como não poderia deixar de ser, venho tentando aprender o máximo que posso e, para isso, tenho observado bastante. Então, o que tenho visto de Portugal?
1 - Muita disciplina - os atletas são extremamente disciplinados, chegam sem alarde, fazem MUITO  aquecimento fora da água e aquecem bem. Incluem no aquecimento fora da água, séries de borrachinha e abdominais.
2 - Muita organização - No balizamento, vem a ordem das provas, o horário de início de cada uma e o horário da premiação de cada prova, por isso não precisamos ficar advinhando quando o nadador cairá na água ou se ele pode soltar ou não e quando será a premiação. Segue o horário.
3 - Muita técnica -  Os nadadores tem muita técnica, os estilos são muito bons e não se vê ninguém se ``afogando´´ ou se batendo.
4 - Muita delicadeza -  Os portugueses estão extremamente preocupados em nos atender bem e saber se estamos sendo bem tratados e se estamos gostando da competição. Recebemos convites tamto para a seleção quanto para os clubes em retornar a Portugal e participar de competições. 
5 - Características variadas - Aqui é possível ver as características de cada povo, o que não é possível ver no brasileiro devido à nossa grande mistura. por isso que temos condições de ser os melhores, porque vemos nos brasileiros, o melhor e o pior de cada povo.
6 - Educação e civilidade -  Apesar de vermos cartazes nas ruas convocando para uma greve geral e acusando o governo de ladrão (lembrei de algum lugar...) o complexo esportivo (QUE É PÚBLICO), é excelente, tem muito material, tem instalações espetaculares, nenhuma depredação, nenhuma pixação, muita limpeza e respeito com o que é de todos. As coisas funcionam.
É isso aí, depois tem mais.

sexta-feira, 30 de março de 2012

MULTINATIONS 2012 - COIMBRA - DIA 3

Galera, a internet aqui em Portugal é muito ruim (depois nós que somos do terceiro mundo), então quem quiser acompanhar a viagem e os resultados, melhor pelo facebook.
Para acessar, clique aqui.

quinta-feira, 29 de março de 2012

quarta-feira, 28 de março de 2012

Portugal - dia 1

Chegamos em Coimbra, Portugal. Saímos de São Paulo, às 16:00, chegamos em Lisboa às 05:00 da manhã e em Coimbra, às 08:00horas. O tempo está muito bom, muito sol, temperatura extremamamente agradável.
Tomamos café da manhã, dormimos um pouco e fomos treinar.
Pelas fotos vocês perceberão que a piscina é muito parecida com as nossas no Brasil...(foi ironia!)
 piscina principal - 50 metros

piscina principal com arquibancadas

outro angulo da piscina principal

Mixão em Portugal

piscina de apoio - 25 metros
O dia de treinos foi muito bom, com o pessoal nadando bem, mesmo depois da viagem. Agora vamos descansar para entrar no fuso mais rápido e nadar bem a competição.
Para ver todas as fotos que eu for tirando do Multinations, clique aqui!

terça-feira, 20 de março de 2012

O USO DE MATERIAIS NA INICIAÇÃO...



Quando um aluno entra na sua piscina para fazer a primeira aula com você, o que você faz? Coloca uma pranchinha ou espaguetti na mão dele e manda fazer perna? Eu não.
Minha primeira aula ou minhas primeiras aulas são sempre sem material. Antes de qualquer coisa, gosto de dar segurança ao meu aluno e a mim também. Por isso gosto de ensiná-lo a boiar e ficar em pé, de frente e de costas, fazer "bolinhas", caminhar pela piscina.
Depois ensino a mexer as pernas, os braços, se deslocar, mudar de posição e direção e só então, começo a colocar algum material.
Não que isso seja o certo, eu faço assim. E você?
Até mais.

Estavam esperando um curso? Chegou!...


É isso aí, pessoal. Agora que o Encontro de Técnicos passou e foi um sucesso, vou começar a divulgar o meu curso na FMU. Para aqueles que querem saber mais sobre natação, técnicas de nado, exercícios, dinâmica de aula, educativos e treinamento, esta é uma ótima oportunidade.
Meu curso este semestre será nos dias 05 e 06 de maio.
Para mais informações, clique aqui.

segunda-feira, 19 de março de 2012

Mixirica na TV...



Semana passada o TV Terra foio ao Paineiras fazer uma entrevista com a nadadora Giovanna Diamante, multi campeã de natação, treinada pelo professor aqui. Quem quiser dar uma olhada na matéria, clique aqui.

País Olímpico! hahahahahahahaha

Neste último final de semana, começaram as competições de natação da FAP deste ano. O primeiro regional da Primeira Região foi para as categorias Petiz, Junior e Senior e o local escolhido foi o Complexo Esportivo Baby Barione, na Água Branca.
O complexo ficou fechado para as competições por algum tempo porque "estava em reforma". Aonde foi a reforma? ninguém sabe, ninguém viu. O teto continua caindo, o vestiário nojento, as raias quebradas e faltando uma raia, as arquibancadas estavam imundas.
Então se pergunta: Porque fomos competir no Baby? Porque não tem outra piscina na maior cidade da América Latina, num país que se diz Olímpico!
Até quando vamos ver e ouvir os políticos falando que o esporte é importante, que somos o país da Olimpíada, que a juventude é a meta, etc, etc. Quando veremos mais resultados e menos roubalheira? Quando levaremos o esporte realmente a sério neste país "olímpico"?
Até mais.